8 benefícios do azeite extravirgem

Compartilhe

Uma dieta rica em alimentos de alto valor nutricional é essencial para quem busca mais qualidade de vida – e os benefícios do azeite extravirgem podem ajudar a tornar sua alimentação mais saudável, completa e saborosa.

Conheça os benefícios do azeite extravirgem.
Os benefícios do azeite extravirgem podem garantir mais saúde e bem-estar em seu dia a dia.

Para que você possa entender como o azeite extravirgem pode ser benéfico para sua saúde, listamos a seguir oito benefícios de consumir produtos como o azeite extravirgem Olibi em seu dia a dia:

1) Azeite extravirgem contém grandes quantidades de antioxidantes

Um dos benefícios comprovados do azeite extravirgem é o fato de ele possuir poderosos antioxidantes.

Os antioxidantes ajudam a combater o excesso de radicais livres – evitando ou retardando um processo conhecido como “estresse oxidativo”. 

2) Os antioxidantes presentes no azeite extravirgem têm propriedades anticâncer

Especialistas no mundo todo estão conduzindo pesquisas que relacionam o consumo de azeite extravirgem aos índices de redução de certos tipos de câncer – como o de mama.

Um dos estudos demonstrou também que os compostos do azeite podem combater as células responsáveis pelo câncer colorretal.

3) O azeite extravirgem é rico em gorduras monoinsaturadas saudáveis

O azeite é o óleo natural extraído das azeitonas, o fruto da oliveira. Cerca de 14% do óleo é gordura saturada, enquanto 11% é poliinsaturado, como os ácidos graxos ômega-6 e ômega-3.

Mas o ácido graxo predominante no azeite de oliva é uma gordura monoinsaturada chamada ácido oleico, que representa 73% do conteúdo total de óleo.

As gorduras monoinsaturadas também são bastante resistentes ao calor elevado, tornando o azeite extravirgem uma opção saudável para cozinhar.

4) As propriedades anti-inflamatórias do azeite extravirgem protegem o organismo

Acredita-se que a inflamação crônica seja uma das principais causas de doenças como câncer, males cardíacos, síndromes metabólicas, diabetes tipo 2, Alzheimer, artrite e até a obesidade.

O azeite extravirgem pode ajudar a reduzir a inflamação: isso acontece porque seus principais efeitos anti-inflamatórios são mediados pelos antioxidantes.

A chave entre eles é o oleocanthal, que demonstrou funcionar de maneira semelhante ao ibuprofeno, um medicamento anti-inflamatório.

Especialistas recomendam o consumo de duas colheres de sopa de azeite extravirgem por dia.
Especialistas recomendam o consumo de duas colheres de sopa de azeite extravirgem por dia.

5) O azeite extravirgem pode proteger contra doenças cardíacas

Estudos mostraram que as doenças cardíacas são menos comuns nos países do Mediterrâneo. Isso levou a uma extensa pesquisa sobre a dieta mediterrânea, que demonstrou reduzir significativamente o risco de doenças cardíacas.

O azeite extravirgem, como um dos principais ingredientes desta dieta, protege contra doenças cardíacas de várias maneiras:

  • Reduz a inflamação;
  • Protege o “mau” colesterol (LDL) da oxidação;
  • Melhora o revestimento dos vasos sanguíneos;
  • Ajuda a prevenir a coagulação excessiva do sangue.

6) Azeite extravirgem pode reduzir o risco de diabetes tipo 2

Vários estudos associaram o azeite a efeitos benéficos no açúcar no sangue e na sensibilidade à insulina.

A resposta está na capacidade da azeitona e do azeite na redução de lipoproteínas de baixa densidade – o que ajuda a manter o índice glicêmico sob controle.

Isso também contribui para ampliar sensibilidade à insulina, tornando a absorção da glicose mais propícia nas células do organismo.

7) O consumo moderado de azeite extravirgem auxilia no controle de peso

Um estudo constatou que uma dieta rica em azeite extravirgem pode propiciar o aumento dos níveis de antioxidantes no sangue, além de contribuir com a perda de peso.

Especialmente quando você faz escolhas saudáveis para a sua alimentação – por isso aproveite nossas dicas de molhos para saladas.

8) Azeite possui propriedades antibacterianas

O azeite contém muitos nutrientes que podem inibir ou matar bactérias nocivas – um exemplo é a Helicobacter pylori, uma bactéria que vive no trato digestivo e pode causar úlceras e até câncer de estômago.

Um estudo apontou que o consumo diário de 30 gramas de azeite extravirgem podem eliminar a infecção por esta bactéria em 10 a 40% das pessoas em menos de duas semanas.

Saiba obter os benefícios comprovados do azeite extravirgem

Como você pode ver, o azeite extravirgem de qualidade é incrivelmente saudável. Seus poderosos antioxidantes beneficiam a saúde de seu coração, cérebro, articulações e muito mais.

Por isso, comprar o tipo certo de azeite é extremamente importante. Ao fazer sua próxima compra, examine cuidadosamente os rótulos para garantir que você esteja recebendo um azeite extravirgem de verdade

Prefira os produtos nacionais, de produtores confiáveis – assim você garante um produto que passou menos tempo armazenado e, por isso, é mais fresco.

A acidez também é um fator importante – quanto menor ela for, melhor será o resultado para a sua saúde. E também indica que todo o processo foi feito com todos os cuidados para manter a qualidade do produto.

O Olibi é um bom exemplo deste tipo de azeite: 100% produzido com azeitonas cultivadas na cidade de Aiuruoca – localizada na Serra da Mantiqueira (no sul de Minas), é um azeite extravirgem com acidez inferior a 0,09% – perfeito para tornar a alimentação de sua família mais saudável e saborosa.

A acidez inferior a 0,09% torna o Olibi um azeite premium, perfeito para quem busca sabor e mais saúde.

Você pode encontrar o Olibi e outras delícias de nossa fazenda em nossa loja virtual – clique e acesse!


Compartilhe
No Comments

Post A Comment