Afinal: azeitona é fruta ou legume?

Compartilhe

Além de muito sabor, as azeitonas carregam consigo algumas questões: “azeitonas pretas e verdes nascem de pés diferentes?” (já respondemos essa AQUI) ou “azeitonas fazem bem para a saúde?” (essa também já foi respondida AQUI).

Muitas pessoas se perguntam: "azeitona é fruta ou legume?", por isso resolvemos tirar esta e outras dúvidas neste artigo sobre azeitonas e algumas frutas que são consideradas leguminosas
Além de inspirar boas receitas, a azeitona também é rica em curiosidades únicas.

Mas ainda não havíamos respondido essa: azeitona é fruta ou legume?

Até hoje – siga na leitura e descubra a resposta para sua dúvida.

Respondendo à pergunta: azeitona é fruta?

Pergunte a um botânico e ele vai responder: sim – a azeitona é uma fruta, como uma ameixa ou uma cereja. Uma fruta vem do ovário maduro de uma planta e o ovário é encontrado na flor. É por isso que alguns legumes são considerados tecnicamente frutas – eles crescem a partir de uma flor.

A azeitona é o pequeno fruto de sabor amargo da oliveira, Olea europea. As azeitonas são classificadas como frutas porque são formadas a partir do ovário da flor da oliveira e são estruturas que geram sementes – aqueles caroços que você deixa ao lado do prato podem crescer em árvores se você plantá-los. 

Em termos culinários, no entanto, as azeitonas são como os tomates: frutas tratadas como legumes: nós as comemos em pratos saborosos ou sozinhos, como um lanche ou aperitivo.

As azeitonas podem ser colhidas quando estão verdes ou deixadas para amadurecer na árvore, mudando de cor para preto arroxeado. 

De qualquer maneira, são amargas demais para comer direto da árvore: precisam ser tratadas primeiro – seja em conservas ou na produção do azeite.

A azeitona em conserva perde o amargor, transformando-se em um delicioso antepasto.
A azeitona em conserva perde o amargor, transformando-se em um delicioso antepasto.

Outras frutas que todo mundo acha que são legumes

  • Berinjela: salgadas – ou às vezes um pouco amargas – mas nunca doces. Mas as berinjelas não são apenas frutas botanicamente, elas são consideradas bagas. Bagas muito, muito grandes – e que ficam saborosas em caponatas, saladas e outras receitas com azeite extravirgem
  • Abóbora e abobrinha: ambas nascem de uma flor, portanto, são tecnicamente frutas. Ambas ficam uma delícias se fatiadas finamente, regadas com um bom azeite extravirgem e deixadas no forno até se transformarem em chips crocantes;
  • Pepino: parentes próximos das abóboras e abobrinhas, também são tecnicamente frutas. Ficam uma delícia puros na salada ou em conserva;
  • Pimenta: parece realmente estranho que as pimentas estejam nessa lista, especialmente quando você percebe que algo como um Habanero – uma pimenta 70 vezes mais quente que um jalapenho – é tecnicamente uma fruta. Mas se a pimenta está do lado doce como um pimentão ou do lado super picante como um Habanero, todas são derivadas de uma flor e, portanto, são frutas.

Por que chamamos essas frutas de legumes?

O melhor palpite é que elas são classificadas desta forma por conta do sabor. Como não são doces – porque os açúcares naturais são baixos, as pessoas tendem a colocá-las na categoria de legumes, juntamente com as verduras, caules, raízes, tubérculos e bulbos de uma planta ou vegetais que são a flor da planta, como brócolis e couve-flor.

Por isso lançamos um novo questionamento: um prato como ratatouille, que é feito de tomate, berinjela e abóbora, pode ser considerado uma salada de frutas – botanicamente falando?

Ratatouille: prato principal ou sobremesa?
Ratatouille: prato principal ou sobremesa?

Para saber mais sobre o delicioso e maravilhoso mundo das oliveiras, assine nossa newsletter e siga a Olibi nas redes sociais!


Compartilhe
No Comments

Post A Comment