Turismo em Aiuruoca: um fim de semana entre cachoeiras, montanhas e terroirs para azeite

Rodeada por rios que correm a Serra da Mantiqueira entre vales e cânions, Aiuruoca lembra um cenário de novela de época. Ao redor da charmosa praça principal, o município mineiro de 6 mil habitantes tem a igreja matriz construída em 1717, o pequeno coreto e vários restaurantes com comida típica da região – tudo cercado pela imensidão da Mata Atlântica.

As belezas da Serra da Mantiqueira é destaque no roteiro turístico em Aiuruoca

Vista do Vale dos Garcias. © TripAdvisor – Márcia C.

O destino faz parte do Circuito Terras Altas da Mantiqueira e do Parque Estadual da Serra do Papagaio, sendo considerado um dos melhores do Brasil para o ecoturismo. São mais de 80 cachoeiras e várias trilhas que levam aos pontos mais altos da cidade, como o Pico do Papagaio, com 2.105 metros de altura e uma vista panorâmica espetacular.

Mapa localiza Aiuruoca

A cidade está localizada a 320km do Rio de Janeiro, 350km de São Paulo e 410km de Belo Horizonte

Mas não é só isso. Há poucos anos, Aiuruoca também descobriu sua vocação para o cultivo das oliveiras. A temperatura amena à noite e os dias ensolarados criam o cenário perfeito para as árvores se desenvolverem e darem excelentes frutos. Localizada a 10km do centro da cidade, na zona rural do bairro Capoeira Grande, nossa fazenda tem o terroir perfeito: solo arenoso e inclinado, além de uma paisagem que deslumbra os visitantes.

Selecionamos as melhores dicas para preparar um roteiro para curtir o fim de semana aqui nas montanhas do sul de Minas Gerais. E não há nada melhor do que começar essa viagem passeando entre as oliveiras, provando nosso delicioso azeite e conhecendo nossos projetos de preservação ambiental.

Olibi é destaque em roteiro turístico em Aiuruoca

Centro da cidade é destaque em roteiro turístico em Aiuruoca

Sábado: visita à fazenda, mergulho na cachoeira, barzinho e violão

A Cachoeira dos Garcias é uma atração imperdível, com uma queda de aproximadamente 30 metros. A água cristalina forma uma piscina natural, com profundidade de até 5 metros, onde é possível se refrescar com um mergulho. No topo da queda fica o restaurante Casal Garcia. Com ambiente rústico e aconchegante, o local tem ótima estrutura e oferece uma vista maravilhosa. A especialidade da casa é a truta, grelhada na manteiga e temperada com sal de limão e ervas finas. É uma delícia sentar no deck, beliscar bons petiscos e curtir uma música ao vivo enquanto cai o entardecer nas montanhas.

Cachoeira dos Garcias é destaque no roteiro turístico em Aiuruoca

Nossa fazenda fica no caminho para esse ponto turístico e recebe visitantes todos os sábados, às 10h. A dica é tomar um bom café da manhã na pousada, fazer o passeio na Olibi e então seguir o caminho até a cachoeira do Vale dos Garcias. Quer estender o roteiro? Faça uma parada no caminho para conhecer o Poço Joaquim Bernardo, situado entre a fazenda e o Vale dos Garcias. As corredeiras são suaves e formam um lago cercado por araucárias.

Como chegar

Do centro da cidade até a fazenda são 10km – os primeiros 4 por uma estrada de asfalto, seguidos de 6km pela estrada de terra bem cuidada. O percurso, que leva tanto à Olibi quanto às demais atrações, conta com sinalização que indica o caminho para fazenda. Programe 20 minutos de viagem. O passeio tem cerca de duas horas de duração e costuma terminar por volta do meio dia. De lá, são 15 minutos até o Poço Joaquim Bernardo ou 30 minutos até a Cachoeira dos Garcias, que está a 15km do centro da cidade. Veja mais informações no mapa abaixo.

Olibi é destaque em roteiro turístico em Aiuruoca

Mapa localiza Cachoeira dos Garcias e fazenda Olibi

Já de volta ao centro da cidade, há várias opções para jantar. Dá para degustar a boa culinária local, que vai de pizzas assadas no forno a lenha até pratos de truta, que são também o carro chefe de restaurantes como Kiko e Kika Restô.

Domingo: Vale do Matutu e feira artesanal

Nossa próxima dica também é valiosa, declarada Reserva da Biosfera da Mata Atlântica pela Unesco: Vale do Matutu. Localizado na zona rural, a 17km do centro de Aiuruoca, o bairro esculpido nas encostas da Serra do Papagaio é considerado Santuário Ecológico, com florestas, animais silvestres, bosques de araucárias, nascentes e, claro, mais cachoeiras. Uma das mais famosas é a Cachoeira das Fadas, com uma bela corredeira e um lago natural profundo, perfeito para mergulhar.

A região também tem várias lojas de artesanato e produtos naturais, além de contar com restaurantes como o Tia Iraci, que oferece um menu da tradicional comida mineira – tem tutu, abóbora e farofa, além de uma vista arrebatadora para o vale. O ambiente é aconchegante e o atendimento caloroso, como o coração mineiro.

Comida mineira é destaque no roteiro turístico em Aiuruoca

Também vale visitar o Casarão do Matutu, construído em 1904 e considerado Patrimônio Histórico de Aiuruoca. Atualmente é a sede da Associação de Moradores e Amigos do Matutu (AMA) e abriga o centro de informações aos visitantes.

Mapa localiza Vale do Matutu

Uma das melhores hospedagens próxima ao Matutu é o aconchegante Chalé Sítio Cambará. Sob a direção de Ale Mattar, a propriedade é conhecida pela fruticultura e pelo turismo rural sustentável. Lá são cultivados os chamados pequenos frutos vermelhos, que incluem amoras, mirtilos e framboesas. A colheita acontece em meados de outubro e não dá para deixar de provar as exclusivas geleias, tortas, cakes, sucos e smoothies.

Chalé Sítio Cambará é destaque no roteiro turístico em Aiuruoca

Chalé Sítio Cambará em noite de lua cheia. © José de Holanda

 

De volta à cidade, aos domingos – especialmente de feriados prolongados – tem feirinha na praça. São muitas as opções de presentes para estender as lembranças da viagem: doces, geleias, conservas, queijos, ovos de granja, mandioca, entre outros. Tudo produzido localmente e de forma artesanal. É sem dúvida o melhor jeito de fechar a viagem – levando um pouquinho da paz e da simplicidade de Aiuruoca na mala.

Boa aventura!

Visitação à fazenda da Olibi
Reservas: (35) 99983-0957 | (35) 99984-7696 | ou através de uma das pousadas indicadas abaixo.
Valor: R$ 35,00 (crédito de R$ 15,00 para a compra de uma garrafa de azeite)

Onde comer

Restaurante Casal Garcia
Couvert artístico: R$8,00
Dê preferencia ao pagamento em dinheiro. Não há energia elétrica lá e nem sempre a máquina de cartões está disponível.
Endereço: Sitio Serra dos Garcia S/N (ao lado da cachoeira dos Garcias)
Reservas: (35) 99989-8355

Kiko e Kika Restô
Endereço: Estrada Aiuruoca-Alagoa, Km 2 – Sítio Canto da Pedra
Reservas: (35) 99927-4853

Restaurante Tia Iraci
Endereço: Comunidade Matutu
Reservas: (35) 9844-5212

Pizzaria Aroma da Serra
Endereço: Rua Felipe Senador, 16
Reservas: (35) 3344-1425

Onde ficar

Chalé Sítio Cambara
O chalé é ideal para um casal, com quarto com cama queen, além de sofá cama. Conta com frigobar, aquecedor a óleo e área externa para fogueira. Sem TV e wi-fi no quarto (porém com internet disponível na sede da fazenda), é um refúgio da correria do dia a dia. O hóspede pode agendar uma visita guiada pela área de fruticultura, fazer uma degustação das geleias e ter acesso à piscina natural particular.

Preço: Diárias para casal variam de R$ 180,00 a R$ 200,00.
Endereço: Estrada Aiuruoca-Matutu, Km 17
Reservas: (35) 99901-6431 | (35) 99939-1705 | ale108mattar@gmail.com

Pousada Kin Tao das Águias
Chalés com varanda e vista para o Pico do Papagaio. Fica na zona rural de Aiuruoca, a aproximadamente 14km da fazenda da Olibi, e oferece charmosas instalações com isolamento térmico, lareira de ferro (salamandra) e wi-fi. O café da manhã é incluído na diária.

Preço: Diárias para casal a partir de R$ 400,00/noite.
Endereço: Estrada Aiuruoca – Carvalhos, Chácara Kin-Tao das Águias KM-04, Mato Dentro (Zona Rural)
Reservas: (35) 99710-6114 | (35) 99840-8350 (WhatsApp) | kintaodasaguias@gmail.com

Pousada Pico do Papagaio
Com opção de quartos para casal, família e individual, a pousada oferece instalações simples em uma fazenda com animais, horta orgânica e piscina. O café da manhã é incluído na diária e fica a aproximadamente 6 km da fazenda da Olibi.

Preço: Diárias para casal partir de 140,00/noite para a suíte simples e R$ 180,00/noite para a suíte com hidromassagem.
Endereço: Sítio Vista Alegre s/n, Raia | Aiuruoca (MG)
Reservas: (35) 99827-1244 | contato@pousadapicodopapagaio.com.br

Pousada Ajuru
Localizada na entrada principal da cidade, a pousada é simples e aconchegante. Apartamentos com frigobar, TV a cabo, ventilador de teto e banheiro privativo. O café da manhã e o wi-fi são inclusos na diária. O local conta com estacionamento e guias de turismo credenciados para a realização de passeios por toda região.

Preço: A partir de R$ 180,00 – diária para casal.
Endereço: Rua Antônio Gonçalves, 149, Centro
Reservas: (35) 3344-1601 | (35) 99901-9108 (WhatsApp) | (35) 99844-1601 | (35) 99944-1601 | (35) 98845-1601 | pousada@ajuru.com.br

Pousada Dudu
Localizada a 500 metros da praça principal de Aiuruoca, a pousada tem quartos com TV tela plana, ventilador e banheiro privativo com chuveiro. O café da manhã está incluído na diária e o local fica a aproximadamente 10 km da fazenda.

Endereço: Rua Antônio Gonçalves, 101
Reservas: Podem ser feitas pelo Booking ou TripAdvisor | sandrafserrano.serrano@gmail.com | (31) 99902-1962 | (35) 99813-0020

4 Comments
  • Ale Mattar
    Posted at 10:11h, 21 setembro Responder

    Ótimo roteiro com ótimas dicas!!!

  • Fundação Oliveiras do Brasil
    Posted at 11:16h, 25 setembro Responder

    Parabéns! Muito bom. Fantástico passeio valorizando natureza, resgatando tradição milenar de produção de azeite. Adorei!

  • Aiuruoca na mídia – Segredos de Aiuruoca
    Posted at 16:38h, 10 junho Responder

    […] Olibi Azeites Artesanais: Roteiro turístico em Aiuruoca […]

  • Segredos de Aiuruoca
    Posted at 18:11h, 10 junho Responder

    […] Olibi Azeites Artesanais: Roteiro turístico em Aiuruoca […]

Post A Comment