Acupuntura em oliveiras: cuidando da energia das plantas

Compartilhe

Um ano antes da primeira colheita, em 2016, decidimos experimentar um cuidado até então inédito em oliveiras brasileiras: cuidar da energia das plantas com acupuntura.

Aplicamos a técnica terapêutica das agulhas em 200 árvores, utilizando como referência um estudo da Associação Brasileira de Acupuntura dos anos 1970. Nosso objetivo era melhorar a saúde da oliveira e estimular seu crescimento de forma completamente orgânica, ajudando cada planta a trabalhar em seu próprio benefício.

Este estudo foi conduzido pelo Dr. Evaldo Martins Leite e apresentado no Primeiro Grande Congresso Internacional de Acupuntura e Auriculoterapia, em 1976. Segundo o médico, a rede energética vital dos vegetais é bastante desenvolvida. Por isso, seus distúrbios podem estar ligados a um desequilíbrio – seja excesso ou escassez – das energias Yin e Yang (positiva-negativa).

Nélio Weiss

Em 2016, o proprietário da Olibi, Nélio Weiss, aplicou pessoalmente os preguinhos nas 200 oliveiras. Ele compartilha os bastidores do que vivenciou até agora e do que ainda vem pela frente.

O objetivo da acupuntura é estimular o crescimento da planta?

A técnica é dividida em dois processos distintos: Yin para produção de flores e frutos e Yang para crescimento. Na prática, a diferença entre os dois está no método de aplicação. No Yin, colocamos um pequeno prego no ângulo interno onde o galho encontra o tronco (veja na foto). Se o objetivo for estimular o Yang, aplica-se no ângulo externo (veja na foto).

Acupuntura em oliveiras

Qual é a profundidade que o prego deve entrar na planta?

A perfuração não pode ser profunda, pois o objetivo é apenas estimular o ponto, assim como acontece com seres humanos. O prego precisa ser pequeno – uma referência são aqueles que usamos para para pregar um quadro leve na parede. Entre duas e três marteladas são suficientes para encaixá-lo na profundidade certa. Vale destacar que boa parte dos pregos cai após uma média de seis meses. Isso é normal e esperado.

Como saber se a planta está apta para receber o tratamento?

A oliveira deve ter entre 4 e 5 anos. Se for muito pequena e o galho ainda for fino, o risco de danificar é alto. A árvore precisa ter o tronco mais desenvolvido.

A técnica é indicada apenas para oliveiras?

A acupuntura é indicada para qualquer árvore, inclusive não-frutíferas. Pode ser um ipê que não está florindo, ou uma quaresmeira, por exemplo. Ou ainda uma árvore plantada para dar sombra e que apresenta o crescimento estagnado. Já testei acupuntura em pessegueiros e tive ótimos resultados.

Acupuntura em oliveiras

O experimento com o olival será repetido?

Nos próximos meses, aplicaremos acupuntura em mais 200 árvores. Em 2016, nosso objetivo era estimular a energia Yang de crescimento. Dessa vez, focaremos na energia Yin de produção. Sou adepto da técnica não apenas por ser um experimento inédito e que desperta minha curiosidade, mas também por ser uma possibilidade de tratar um pomar, olival e quaisquer espécies de árvores de forma absolutamente orgânica.

Visitação Olibi

Se você ainda não conhecia essa técnica e quer conhecê-la de perto, fica aqui o convite para passear pelo olival, conhecer os projetos ambientais e provar nosso azeite!


Compartilhe
No Comments

Post A Comment