Como conservar azeite em casa: dicas para mantê-lo fresco mesmo depois de aberto

Além de saboroso, o azeite de oliva é um aliado da saúde, rico em gorduras monoinsaturadas, vitaminas e antioxidantes. Mas poucas pessoas se atentam ao fato de que tais benefícios podem ser prejudicados dependendo da maneira como a garrafa é conservada.

Como conservar o azeite em casa I

A exposição ao oxigênio, ao calor e à luz influenciam na qualidade e no sabor do produto, sendo que, depois de aberto, é ainda mais importante prestar atenção à conservação. Cuidados com o armazenamento, prazo de consumo e higiene da embalagem, por exemplo, garantem que o óleo da azeitona chegue sempre fresquinho à sua mesa.

Separamos algumas dicas simples que ensinam como conservar azeite em casa de forma correta e ajudam a aumentar a vida útil do produto. Confira!

Locais escuros e frescos

A luz e o calor intenso aceleram o processo de oxidação do azeite, afetando suas propriedades nutricionais e as qualidades sensoriais. Experimente deixar um pouco do produto na bancada da cozinha, perto do sol, e você entenderá o que significa o defeito chamado “ranço”. Por isso, prefira manter as garrafas em locais escuros e frescos, como armários fechados.

Como conservar o azeite em casa I

Perto do fogão, jamais

Muitos componentes do azeite são termossensíveis, por isso armazená-lo perto do fogão não é uma alternativa. As variações de temperatura nesse espaço alteram a constituição e o sabor do produto, além de favorever a deterioração dos antioxidantes que fazem bem para a saúde do coração, do sistema imunológico e combatem os radicais livres.

O vidro fica em pé

Nada de guardar azeite como se fosse vinho. O correto é manter a garrafa de azeite sempre na vertical. Isso diminui a área de contato do líquido com o ar que já existe dentro da garrafa e, consequentemente, retarda o processo de oxidação.

Como conservar o azeite em casa

Garrafa sempre fechada

Ar em excesso é um vilão para o azeite, uma vez que o contato com o ambiente externo também acelera o processo de oxidação. Daí a importância de manter as embalagens sempre bem fechadas e evitar a transferência do líquido para outros recipientes – a não ser que o consumo seja imediato.

Depois de aberto, é hora de consumir

Uma garrafa de azeite selada e em boas condições de armazenamento – isto é, longe do calor e luz intensa – dura até dois anos. Porém, fique atento: uma vez aberta, o ideal é consumir em até três meses. Depois desse período, o produto vai perdendo suas propriedades.

Como conservar o azeite em casa

Garrafa limpa, sem respingos

Parte do azeite escorreu para fora da tampa após o uso? A dica é usar um papel seco para limpar a embalagem. Isso evita que o azeite preservado dentro da garrafa entre em contato com o líquido oxidado que ficou para fora. Assim, da próxima vez que você for servir o produto, não haverá resquícios oxidados misturando-se com o azeite fresco.

Temperatura ambiente é ideal

Se o calor gera prejuízos para qualidade do azeite, o resfriamento também não é uma opção. Portanto, evite guardá-lo na geladeira. A umidade favorece o processo de oxidação, além de possibilitar que o azeite fique mais espesso, turvo e com sabor alterado.

No Comments

Post A Comment